sexta-feira, 30 de março de 2012

Adalberto Salgado contra-ataca

O bilionário Adalberto Salgado entrou com um pedido de instauração de inquérito na Polícia Federal contra o banco BTG Pactual. Os advogados de Adalberto Salgado protocolaram também na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) um pedido para que a autarquia se pronuncie sobre o imbróglio envolvendo o investidor – que é acusado pelo BTG Pactual de participar da fraude contábil no PanAmericano, por causa dos 400 milhões de reais aplicados em CDBs a taxas muito altas. Os advogados argumentam que, como pôde o BTG Pactual ter coordenado a abertura de capital (IPO) do Panamericano em 2008 sem encontrar nada contra Salgado e, logo em seguida, depois de se tornar controlador do banco, não honrar o pagamento a aplicadores que livraram o PanAmericano da quebra quatro anos atrás, entre eles Adalberto Salgado ?

Nenhum comentário: